sexta-feira, 10 de Agosto de 2012

Donas de casa...

Como parece que tenho que me cingir ao nome do blog e não quero falar de Depravação, vou falar de Donas de Casa.
Acho uma missão quase impossível ser uma Dona de Casa Sexy, requer esforço, muito esforço.
Nem todas as mulheres são afortunadas como eu e dispõem de uma maravilhosa colaboradora doméstica que torna os meus afazeres no lar muito limitados. Mas mesmo assim há sempre tarefas que tenho que fazer: jantar, lavar um ou outro tacho, passar esporadicamente uma peça de roupa a ferro, estender roupa e enfim.
No meio disto tudo, que é muito pouco, eu sei, lasco sempre o verniz de alguma unha. E para mim não ter o verniz impecável faz me logo sentir muito pouco sexy.
Depois chego a casa dispo sempre a fatiota maravilhosa com que fui para a empresa, caso contrário atraio nódoas; descalço os sapatos altos ( por respeito à minha simpática vizinha do andar de baixo) e pronto passo em segundos de gaja boa a sopeira.Vida difícil... Depois voltar a ser sexy só depois do jantar, de arrumar a cozinha, do banho e quando um tremendo cansaço se apodera de mim...
Quais são os vossos truques para que a linha que separa a Mulher-Sexy e a Dona de Casa Dedicada se esbata e as duas consigam conviver em Harmonia???

Carrie, Ups!

terça-feira, 7 de Agosto de 2012

Cheguei!

Depois de tantas e boas leituras, comentários e afins: eis o convite: ACEITO, com muito gosto.
Obrigada DEPRAVADAS... farei o meu melhor como quarentona, vivida, experiente... se fosse o Miguel Relvas aposto que já me tinham dado o Doutoramento em Consultoria Sentimental!



Abreijos

Miranda

Vibradores a dois!



Prevejo uma semana intensa. Repleta de beijos e abraços, concretização de desejos adormecidos, gargalhadas, muito sexo e muitos banhos ( o meu cabelo é que sofre...ahahahah)

O Francisco, além de Mestre na arte de Amar (traduzindo para bom português : "a foda da minha vida"...ahahahaha), é o homem das surpresas! Surpreende-me com um beijo largado no facebook, um filme excitante na minha caixa postal, com momentos inesperados ao longo de um dia que se dizia normal...
Como não crio expetativas, todas as surpresas ganham um sabor especial. Estou sempre no lucro!
As visitas pela manhã (quase de madrugada...ahahahah)...as visitas na hora do treino...as visitas à hora do almoço...a noite que passámos juntos...

"Todas as trilhas caminham para a gente se ver. Todos os caminhos trilham para a gente se achar!"

A nossa primeira tarde juntos foi passada na cama.
Fui presenteada com massagens, que se iniciaram nas costas, continuaram nos braços, pernas, bundinha...com o voltar do corpo, as massagens perderam a seriedade mas ganharam outro encanto... A ordem era ficar hirta...mas como? Com aquelas mãos deliciosas a vasculharem todos os recantos e a perderem-se em lugares onde eu não chego sozinha? Loucura!
Fui presenteada com um champanhe doce. Delicioso. Champanhe para beber, champanhe para lamber...Uma ou duas vezes que o senti repousar no clitris e deslizar em cascata por entre os grandes lábios. Em baixo, a língua malabarista aguardava todas as gotinhas misturadas com o meu sabor.
Fui presenteada com chantilly nos mamilos, chantilly no clitoris...Estava doida, mas a remoção dos montinhos brancos aqueceram até as conexões nervosas mais distantes...hummmmmm





Agora era eu. Estava louca de saudades. Queria chupá-lo!
O kit trazia Nutella...Não hesitei: Envolvi toda a glande com o chocolate e deliciei-me a chupá-la, enquanto massajava os tomates. Nunca os esqueço! É por isso que temos duas mãos...Ahahahahah!

Estavamos a ferver. Hora de juntar os corpos. Senti-me rodopiar entre cada posição. Surgiram novas na nossa lista de criações: cocas, cavalgada e sambadinha. (Quem sabe, material para um post?)

Começámos a usar os vibradores...vim-me/gozei com intensidade...várias vezes!
Mas o culminar de todas as vibrações, que resultou quase numa perda de sentidos, foi quando decidimos mudar as coisas de lugar...Ahahahahah!
Vibrador de clitoris na velocidade máxima, estático, o braúlio (como nós lhe chamamos), enterrado no cuzinho. Eu deitada sobre a cama, repousando apenas a cabeça e os ombros. Joelhos apoiados no Francisco, que se escondia, louco, atrás das minhas coxas.
We-vibe perfeitamente encaixado. A minha mão direita firmando-o na melhor posição. Vibração máxima. Canzana /De quatro. Cuzinho recebendo de novo a curva abençoada e agradecendo em movimentos magestrais. Adoro reboladas! Só aqui viro " funkeira"! Ahahahah

Estavamos a colar / grudentos... Fomos para o banho, onde houve mais festa...hummmmmm
Esquecemo-nos de jantar, mas o chantilly e a nutella também alimentam, certo?
Como ambos gostamos de dormir despidos, durante a noite, fizemos faísca algumas vezes...
Acordámos cansados mas a sorrir um para o outro...


Samatha, The Fox

sexta-feira, 20 de Julho de 2012

We-Vibe: a loucura!

Ontem passei o dia ansiosa. O cérebro despejando imagens escaldantes e o corpo a responder de imediato com contracções suaves e dilatação do clitoris...
Assim que cheguei a casa, fui direta a ele. Despi-me toda. Para principiante (Ahahahahah), decidi seleccionar a vibração mais ligeira e contínua. Sim, porque o meu bichinho (como lhe chama o Francisco), tem várias velocidades e ritmos de vibração!
O encaixe é maravilhoso: A porção mais estreita entra na vagina, deixando ainda espaço para a diversão masculina em simultâneo. Deve ser uma loucura, receber a curva abençoada com o We-Vibe...Já imagino a pressão no ponto-G...Meu Deus! A porção mais grossa, repousa sobre toda a vulva e pequenos lábios, terminando sobre o clitoris, onde se concentra a maior intensidade da vibração, embora ambas as extremidades vibrem.

Deitei-me no chão, em frente à camara do computador e liguei o bichinho. Booooooom! Fiquei a curtir, de olhos fechados, 40 minutos. O corpo tremia, relaxava, gemidinhos, risadinhas...ai os vizinhos...Ahahahahah!
Quando achei que estaria na hora de jantar, fotografei-o na posição, rodeado de molhinho...Hummmm
Filmei a retirada. "Que estrago!", escreveu o Francisco, quando recebeu o filme. De facto, foi um estrago: produzi um pacotinho de natas dentro de mim...Ahahahahahah!

Confesso que não alcancei a satisfação, mas porque quis conhecer todas as sensações possíveis. Porém, hoje pela manhã, em direto com o Francisco, aiaiaiaiai...
Quando me deitei no sofá para lhe mostrar o encaixe, já estava molhadíssima até à coxa. Escorregou rapidinho. Mantive uma vibração média (combinei que a máxima seria experimentada com  ele, no nosso próximo encontro...)
Explodimos ao mesmo tempo...eu, concentrada na sensação, dando uma pressionada no bichinho e, ao mesmo tempo, admirando a punheta deliciosa ... Saudades!
Brevemente vamos usá-lo em outras variantes...Já falámos sobre as imensas possibilidades...Ahahahahah!
Este bichinho tem potencial!


Samantha, the Fox

quarta-feira, 18 de Julho de 2012

Chegaram as minhas encomendas eróticas! Ui!



Chegou antes do tempo!
Estou ansiosa que chegue à noite para abrir a embalagem e ... divertir-me... Ahahahah! Melhor: divertirmo-nos! Vou presentear o Francisco com a estreia do We-Vibe, num direto!

Vamos vibrar os dois!

Agora, com a embalagem a olhar para mim, ao lado da minha secretária, como posso concentrar-me?
Húmida, cheia de desejo e com pensamentos obscenos constantes... Socorro!



Samantha , The Fox

terça-feira, 17 de Julho de 2012

Vibrador novo!

Há muito que pensava comprá-lo, ainda na versão anterior. Mas quando não se tem parceiro à altura de jogos mais ousados, o entusiasmo perde-se um pouco...






O Francisco tem sido um companheiro fantástico: não só colabora como ainda lança novas ideias para aquecer e trazer mais felicidade ao nosso relacionamento.

Ontem foi um dia preenchido:
Iniciei aulas de Pole Dance (novamente com a Andreia Pinheiro, na Academia de Pole Dance em Lisboa). Adorei! Acho que levo jeito! Contarei pormenores sobre as minhas aulas...Ahahahahah

Comprei o desejado We-Vibe: fantástico vibrador de luxo que promove simultaneamente estimulação clitoriana e do ponto-G. Valeu a pena esperar...Adquiri a versão mais actual: com controlo remoto! Ui! Já estou a imaginar o Francisco como piloto da geringonça...Vai ser um tal carregar no botão nos locais mais impróprios! Ahahahahah

Se alguém conhecer o We-Vibe 3, gostava de saber dicas de utilização, opiniões sobre o equipamento e os resultados obtidos...Ahahahaha! O meu chega na 6ª feira...Vou contar tudo!


Samantha, The Fox

quinta-feira, 12 de Julho de 2012

Hoje estou doida!

Terça-feira conseguimos conversar no chat, novamente. Saudades demais!
Sinto a falta de ouvir a voz dele, de rir com ele...Preciso do ruído dos amantes!

O silêncio da sala é invadido com o som agitado das minhas unhas a baterem no teclado do computador. E quando o silêncio vence, vejo as letras correrem no ecran, construindo frases deliciosas...Não consigo apagá-las. Leio-as vezes sem conta. E hoje especialmente! Nos intervalos forçados do trabalho, nas refeições...intercalando os filmes que o Francisco me foi enviando...Porque tudo piorou (ou melhorou...dependendo da perspectiva...Ahahahah) desde ontem!

Pensei que nos encontraríamos ontem...no Skype. Esperei apenas com um babydoll preto transparente. Apenas! Acumulei vontade demais...Guardei desejo demais...Em 24 horas consegui aquecer à temperatura de ebulição...Se ele não aparece hoje, vou trepar paredes! E depois vou ter de me orientar...porque já não seguro com Lindt! Vou carregar o meu vibrador, por segurança...esta semana explorei-o bastante e ele a mim! Ahahahahah

O dia todo com a mesma imagem na cabeça, com taquicardia, mamilos turgidos e uma vontade incontrolável de me tocar...
Quando chego a este ponto agradeço uma pegada por trás, deitada na cama ou debruçada em qualquer móvel ou sofá confortável. Pegada imediata! Sem rodeios! Sem perdas de tempo na retirada da roupa...mas a calcinha, arrancada com velocidade de cruzeiro e acompanhada dumas dentadinhas na bunda...Ai! Ai! E como o Francisco é bom na pegada por trás...



Adoro sentir as mãos dele afastarem-me a carne...depois, boca ou dedadas ou boca e dedadas... Quando estou neste estado, o arfar dele nas minhas nádegas quase desencadeia o primeiro orgasmo!
Depois, é só elevar o dorso e esperar que ele me presenteie com o pau já duríssimo...e mo entregue até bem fundo, onde a curva faz maravilhas...Ai! Ai! Não são precisas muitas entradas para o meu cérebro bloquear e o corpo ficar comandado pelo segundo orgasmo!
E deixo que ele abuse de mim...São quantos ele quiser, até à exaustão...(Que ainda não descobrimos quando surge, mas iremos descobrir...Ahahahahah)
Como eu queria que abusasses de mim...Agora! Que me fizesses "de gato-sapato"...
Volta depressa Francisco! Preciso!


Samantha, the Fox


domingo, 8 de Julho de 2012

O avião...




E quando o avião não levanta voo....

Carrie, Ups.

Um homem fogoso pode (e deve) ser sensível!

Conseguimos conversar por breves minutos... Pouco para exprimir tudo o que sinto, mas o suficiente para matar um pouco a saudade...

Adorei saber que fui lembrada ao som desta música!
Também nos revi na letra...



Saudades de tudo de ti!

Samantha,the Fox

quinta-feira, 5 de Julho de 2012

20 dias a chupar...o dedo!

Há uma semana que não falamos. Há sete dias que não rimos juntos. Há  mais de 170 horas que não vejo o olhar safado. Há mais de 10000 minutos que não ouço a voz dele a descrever ideias doces e picantes. (E como eu adoro a mistura agridoce!)



A convite de uma empresa brasileira, e em parceira com a empresa dele, o Francisco vai ficar cerca de 20 dias no Pantanal, a desenvolver um trabalho de investigação.
Sem internet, sem rede no telemóvel, estamos incontactáveis. Resta-me ler os posts para recordar, ver os filmes que ele me enviou e chupar o dedo... (Como adoraria chupar outro órgão..."O abençoado!" Saudades de senti-lo dentro de mim...Como gosto de senti-lo crescer dentro mim...de perceber, com as mucosas, a curva a ganhar vida...indescritível!)  
Lembro a nossa última manhã juntos e o desejo emerge em todos os poros... mordo o lábio, as coxas apertam, a temperatura aumenta e os olhos ficam semi-cerrados para melhorar a definição da imagem mental...

Foi uma manhã intensa, já depois da tal terça-feira!
Era o dia em que ele partiria para Londres. Tinha o almoço de família, onde estariam todos os membros mais chegados, para a despedida. Estavamos preparados para já não nos vermos, mas o Francisco, conseguiu surpreender-me mais uma vez. Além do sentido de humor, da maturidade, da experiência, da performance, dos ombros, das mãos, da boca... (a lista está a alongar-se demais...ahahahahah... é melhor não avançar para os detalhes)... adoro a sua capacidade de improviso, as surpresas, a loucura... Com ele sinto-me especial! Há muito que não me sentia prioridade na vida dum homem...

Ainda estava no Hotel. Recebi uma mensagem dele à noite, a dizer que, se não me atrapalhasse, que passaria bem cedo para nos despedirmos, mas que teria de estar em casa às 12h30, para o almoço.
Fiquei radiante! Em pulgas!
Recebi-o vestida de creme e perfume. Os meus sapatos de salto preferidos para estas ocasiões.
Beijámo-nos sofregamente. Um beijo que já estaria guardado para ser soltado dentro de um mês e foi desamarrado, livre, sobre os nossos lábios e línguas.
Não tive o prazer de senti-lo crescer na boca. Já vinha preparadíssimo! Ahahahahah Só dei uma acentuada na curva divina e no diâmetro...
O Francisco vinha louco! Pegou-me ao colo, eu abracei-o com as pernas e ele encaixou-nos. Hummmm...encaixe maravilhoso. Levou-me até à cama, sempre encaixados e entrelaçados  (o parapeito da janela era muito alto...)...E foi aí que conhecemos uma outra forma de nos darmos prazer...
Se o toque dele é único e a penetração extasiante...descobrimos no meu pequeno vibrador o parceiro perfeito para orgasmos em cadeia... Vibrador deslizando no clitoris, em movimentos suaves, quase impercetíveis e, em simultâneo, a penetração singular daquele órgão majestoso.
Sempre na cadência perfeita. Como este homem é perfeito na cadência e na transição de posições. O tempo ideal em cada uma...E eu deixo-me arrastar, embebedada pelo cheiro e pelo desejo interminável...
Todos os músculos contraíam. Ficar molhada era um detalhe. O que eu senti culminou num ligeiro ataque de riso, manifestamente a prova da satisfação máxima. Como fiquei saciada...feliz.
Foi bom demais! A repetir! E, falando em repetir, na hora da despedida já apetecia...Ahahahahah


Samantha, the Fox










segunda-feira, 2 de Julho de 2012

Tu és quem me incendeia!


Já sentindo saudades das horas em que nos queimámos um no outro!
Desejo ardente!
Tesão pura!
Bonnie & Clyde!




Samantha, the Fox

quinta-feira, 28 de Junho de 2012

O balão do João...

Pois que este fim-de-semana realizei um sonho antigo: voar de balão de ar quente.
Tenho alguns desejos na minha lista pessoal, a maior parte deles experiências e viagens claro!

Destino: Coruche. Acordar às 5 da manhã para às 6 horas estar dentro do Balão. E que experiência maravilhosa esta.

Apesar de estar num cesto de balão com mais 20 pessoas (sortudos os que iam no balão ao lado que iam sozinhos com o piloto - pagaram bem mais também!), não impediu a experiência de estar com o meu marido a realizar um sonho antigo ao nascer do sol.

Tantas ideias saíram daqui, mais até para a Samantha que logo se prontificou a fazer a viagem sozinha/acompanhada (vocês percebem) e estava disposta a pilotar o balão para poder fazer o que bem entendesse nas alturas.... Ficou muito triste por perceber que vai um piloto connosco!

Para mim sobraram os abraços do meu marido e os beijos eternos, numa experiência única para a nossa história pessoal e para a eternidade!

Ahhh, uma nota: este blog não é só sexo está bem? Somos todas nós com aventuras e desventuras, umas mais sexuais do que outras, umas menos calientes do que outras, mas acima de tudo um blog com identidade!

Charlotte

Sem cortinas...

Um regresso ao blog, desta vez sem cortinas!

Sem marido (a trabalhar em Lisboa) e sem ar condicionado lá em casa, restam as janelas abertas à noite para respirar. Pois que também nesta altura do ano camisa de dormir é flutuante, transparente e curta... Sem cortinas ainda na casa nova, restou uma plateia de vizinhos a ver o que se passava no quarto lá de casa.

Mas não se passava nada! :) Não no quarto com a janela aberta pelo menos!

Uma introdução e uma promessa de outros posts.

Cheers, Charlotte

terça-feira, 26 de Junho de 2012

Terça-feira confirmou-se : encaixamos!

A terça-feira amanheceu com uma vontade diferente de segunda. Segunda era ansiedade e desejo. Terça era a vontade de repetir, e repetir, e repetir...

Ainda o céu se escondia por trás do manto negro da noite e já eu estava mergulhada num banho de espuma com hidromassagem.
Os primeiros raios de sol despontavam quando o computador fez sinal de nova mensagem. Era o Francisco. O desejo aumentou de imediato. Ficámos algum tempo a valorizar o dia anterior... o quanto tinhamos gostado de estar juntos. Quando disse que estava nua não demorou muito a avançarmos para o skype. A vontade foi aumentando...e o cérebro desligando as sinapses responsáveis pelo raciocínio lógico. Tinhamos de encontrar uma forma de estarmos juntos. Matar aquele desejo infinito! Eu estava ali, para ele...e ele sabia. Mas a agenda dele estava repleta de reuniões e compromissos inadiáveis. Quase como que por magia, alterou dois horários e disse-me que aparecia no Hotel na hora de almoço. Fervi a manhã toda. Nem me vesti.





Quando senti bater na porta, o coração acelerou e o clitoris dilatou. Abri a porta só de saltos e puxei-o para dentro do quarto. Depois dele me tocar toda, beijar, abraçar com firmeza, desci-lhe as calças e comecei a chupá-lo. Depois fomos para a cama.
Incrível como apenas volvidas umas horas e já nos conhecíamos tão bem. Conseguimos que tudo fosse mais intenso do que no dia anterior. A envolvência, o sentido de humor constante, o toque...tudo tornou aquela fuga perfeita.

O Francisco é exímio na arte de tocar. Nem eu consigo tocar-me como ele me toca. Usa os dedos da frente para trás, de trás para a frente, sem receios. E eu sempre a molhadíssima. Descreve movimentos com a língua únicos, mantendo os dedos em vibrações enfeitiçadas. A determinada altura senti-me ejacular algumas vezes seguidas...a loucura! O meu corpo contraía involuntariamente. E quando ele levou a curva abençoada até ao limite...Uau! Depois contraiu a glande e eu senti-me levitar. Nunca senti tão forte! Encaixamos na medida certa: em loucura e grau de desejo. Encaixamos na medida certa: os nossos corpos e as nossas mentes. Encaixamos na medida certa: a vontade de repetir vezes sem conta.

De regresso a Londres, voltamos a estar condenados à satisfação virtual.
Recomecei a receber os vídeos de carácter pornográfico, cuidadosamente seleccionados. Recebi também o argumento para um novo filme comigo como atriz principal. Agora tenho um produtor à altura! Desafios constantes!

Samatha, the Fox

quinta-feira, 21 de Junho de 2012

O Francisco superou tudo!

Até segunda-feira achava-me incapaz de ser surpreendida no sexo. E não façam juízos de valor precipitados...falo de sexualidade! Aprendi a conhecer-me e a dar-me prazer. De há uns anos para cá, os meus parceiros foram orientados pelo meu desejo e, os que aguentavam, limitavam-se a seguir a partitura.  Foram poucos os que chegaram a tocar os últimos acordes...A esses, denominava-os maestros!
Mas eis que cai na minha vida o verdadeiro maestro do sexo. Francisco: O Maestro!

Para podermos usufruir de todos os momentos, decidi tirar 3 dias de férias e instalar-me num Hotel com localização favorável às fugas do Francisco.
No domingo recebi a proposta para segunda: "Envia-me uma mensagem com o número do quarto e deixa a chave ligeiramente encaixada na fechadura, com o papel "não incomodar", tapando a chave"
Não questionei. Obedeci. A noite de domingo foi longa...acordei vezes sem conta...rebolei tanto que soltei o lençol de baixo...

Às 5.30h senti um peso no pé direito. Acordei. (Eu dormia de barriga para baixo, com fio dental branco de seda amarrado lateralmente por fitas de cetim e um babydoll branco transparente, com fita de cetim amarrada atrás do pescoço.) Era o Francisco. O meu coração começou a bater mais forte, assim que senti o corpo dele repousar sobre o meu. Foi rastejando sobre a manta que ainda nos separava. Beijou-me o pescoço. Senti-me sugada pelo tempo. Quando me virei e o vi percebi que a nossa história ía ter um final feliz. O abraço foi forte. Conversámos um pouco. Sentimo-nos como nunca. Tantas horas de partilha de intimidade no mundo virtual...Conheciamos as nossas vontades, mas precisávamos sentir os batimentos cardíacos, as pulsações, a respiração... Chegara o nosso momento.



À medida que os minutos foram passando o desejo foi-se apoderando de nós. As mãos ganharam vida própria. E quando as peças de roupa começaram a somar-se no chão, já as mãos deslizavam por caminhos conhecidos, as bocas procuravam novos recantos e os nossos corpos, preparados para a paixão, obedeciam ao ritmo imposto pelo maestro. E que batuta a do maestro! O diâmetro que me enlouquece, sem esquecer o comprimento mais do que adequado...mas aquela curva abençoada...essa fez toda a diferença. Marcou!
A manhã foi preenchida por sexo bom que foi ganhando toques de requinte à medida que cada um de nós orientava o outro na direção certa. Foi a explosão do desejo em horas de conhecimento mútuo.
O banho de chuveiro foi sublime. Treino para a tarde. Ensaboámo-nos. 
O Francisco voltou-me para a parede e ficou, por trás de mim a roçá-lo entre as minhas nádegas, depois entalei-o entre as pernas e enquanto ele simulava movimentos  de vai-vem, eu massajava a glande (que é mesmo "glande", como diria uma japonezinha desses filmes fantásticos que ele me envia...ahahahaha!)
Estavamos loucos outra vez. Ajoelhei-me no banho e ensaboei-lhe o pau (sempre duro, esperando o próximo ataque...) Com as instruções prévias (ahahahahah), tentei reproduzir a massagem mais excitante que alguma vez vi algum homem fazer (Até na punheta ele é singular...).

Saímos para almoçar e eu, obedecendo à primeira regra imposta pelo Francisco: não usar roupa interior. Até ao restaurante foram muitas as vezes que passámos a mão um no outro. Ele incendeia-me como ninguém. Adoro homens sem travão. O Francisco não tem travão.
Pena não haver toalhas nas mesas...O almoço poderia ter sido ainda mais divertido...

Sobremesa: comprar um colchão insuflável e um óleo de massagem. A minha primeira Massagem Tailandeza esperava-me!

De volta ao Hotel: pernas molhadas de desejo, pau duro, pensamentos pecaminosos, olhares de cumplicidade e conversa ordinária.
Assim que regressámos ao quarto e o Francisco encheu o colchão, despimo-nos.
Ele deitou-se sobre o colchão, completamente relaxado. Sentei-me sobre a bunda dele e comecei a besuntá-lo com óleo. Besuntei-me também. Dei início à massagem mais excitante da minha vida.
Comecei por deslizar os peitos sobre os pés, as pernas, as costas. Depois, entrelacei as minhas pernas nas dele e fui-me roçando nas coxas. Voltei a sentar-me sobre ele, abri as pernas e fui deslizando novamente. Quando ele voltou a barriga para cim, já tudo estava em cima (ahahahahah). Sentei-me sobre a barriga, de frente para o rosto dele, inclinei o tronco para trás e comecei a deslizar. Quando me aproximei do pescoço dele, voltei-me, levantei a bundinha e quase como que abocanhando o pau, voltei a deslizar. Estávamos a ferver! Tive que tocá-lo... Acabou a massagem tailandeza e iniciámos a queca/transa/foda da minha vida! Não foi só o que ele fez...Foi como o fez! Cinquenta e um anos benditos!
Experiência, delicadeza, calma, persistência, segurança, desejo adormecido...pau duro, duro, duro...e a curvatura abençoada! Essa curva que me toca alma, que me faz tremer por dentro, que me faz soltar gemidos... E a boca que me fez perder horas de sono descansado. Boca grande, lábio inferior carnudo, apetecível...língua malabarista e vibratória (ahahahah). Esta língua envergonha o meu vibrador  de 8 velocidades! E as mãos... Meu Deus...as mãos! Capazes das maiores maravilhas dentro e fora do corpo de uma mulher...
O momento alto do concerto, que culminou com o êxtase: o intercalar perfeito entre a penetração vaginal e a anal... Loucura! Ainda hoje, eu e o Francisco, sonhamos com a cadência...

Quase me cabia dizer que o Francisco é um pedaço de Céu...mas neste contexto de pecado e prazer intenso... não me arrisco...

(Ainda falta a surpresa de terça-feira! Ahahahahah)

Samantha, the Fox

terça-feira, 19 de Junho de 2012

Foram 12 horas!


Sei que não aprecias música eletrónica...mas esta é especial...

Antes do maravilhoso post, fica aqui a homenagem a um dia maravilhoso!
12 horas com o Francisco!

quinta-feira, 14 de Junho de 2012

Acordei suada!

Com o Francisco regressei ao meu normal. Dias tranquilos pingados de bom humor e noites agitadas molhadas de paixão...
Os sonhos românticos, isentos de sexo, não voltaram mais...

Depois das nossas conversas diárias mudas (para não acordar a vizinhança) no Skype, fico a ferver... Corpo e mente! Quando encosto a cabeça na almofada não é para dormir... Rebolo, sorrio, desejo...Adormeço sempre em pecado!
Mas o aquecimento continua pela manhã...O Francisco não dá descanso ao meu termostato... Ao longo do dia, entre conversas provocantes, envia um ou outro filme altamente revelador! Consigo reconhecer os seus desejos mais obscuros e perceber o que quer de mim...Adoro!
E quando regresso à minha almofada...já em pecado...abrem-se as portas do Inferno!

Esta noite, estava tão quente, que acordei com os mamilos turgidos, os peitos suados e o fio dental naquele estado... Sonho boooooooommmmm!



Não reconheci o local. Apartamento, moradia, hotel...não sei...um sítio junto ao mar. Decoração a abusar do branco...O sofá onde nos rebolávamos, também branco. Ele de calção de banho, já sem T-shirt. Como eu desejo tocar-lhe os ombros e o tronco de verdade! Louca por ombros largos (já tinha dito, eu sei!) Eu, com um vestidinho de malha colado ao corpo, decote em barco, impedindo o uso de sutiã. Os peitos a quererem saltar a cada mudança de posição. Quando me sentei em cima dele... (não do Francisco...perceba-se! Ahahahah) senti-o duríssimo... Mas eu não queria ali. As portadas de vidro abertas, com as cortinas brancas transparentes a esvoaçarem, convidavam ao sexo naquela varanda que se debruçava sobre um mar sereno de um azul único.
Fui saindo lentamente, puxando-o para mim até à parede, mesmo ao lado das portadas.
Estava certa que se o Francisco sentisse a brisa, ele mesmo me levaria até ao mar, até ao céu!
Encostou-me na parede. Subiu-me o vestido, tocou-me com leveza e desejo, quase como que esculpindo a bundinha com as próprias mãos. Abriu-me as nádegas e puxou-me a carne. Fiquei doida! Queria que ele me penetrasse...logo! Mas ele arrancou-me da parede, deslizou o fio dental ao mesmo tempo que descia o corpo, sem nunca descolar o olhar do meu. Quando o fio dental pousou no chão, levantei levemente os sapatos de salto... Foi nesse momento que o olhar dele se desviou do meu. Fixou as minhas coxas...quis reconhecê-las em detalhe, com as mãos, com a boca... Estava louca de desejo! Tremiam-me as pernas! Quando o corpo dele subiu em direcção ao meu, colou uma mão na bunda e a outra entre as minhas pernas...Lá...Ui! Besuntou-me com o meu próprio líquido que parecia jorrar...
Levou-me para a varanda, sempre com os dedos a estimularem-se. Quando chegámos junto ao corrimão, mesmo de frente para o mar, puxou o decote e chupou-me os mamilos... Enterrou-se no peito...Apertou-os. Nos intervalos da safadeza olhava-me e sorria...
Quando ouvi "Agora vou mostrar-te o mar..." já estava a ser rodada... Percebi! Inclinei-me sobre o corrimão. Olhei o mar e abri ligeiramente as pernas. Entrada rápida...Arrepio! (Aquele diâmetro não me sai da cabeça!)
As mãos dele segurando os meus peitos, o suor a pingar nas minhas costas desnudas, aquele órgão abençoado a preencher-me por dentro... Eu gemia para as nuvens que escasseavam no céu azul turquesa.
Não nos viemos...
Quando acordei, estava com ele dentro de mim...Ainda soltei um gemidinho. Peitos suados...molhada... vontade imensa de prolongar aquele momento.

Resta-me sonhar acordada e continuar o dia de trabalho com este fogo a invadir-me a circulação sanguínea!
Não vejo a hora de te agarrar, Francisco!


Samantha, the Fox


quinta-feira, 7 de Junho de 2012

Já o vi...adorei!

Mudei de perfume. Ainda que um aroma doce e marcante...mais suave. 
É assim o Francisco: um homem doce que transborda sensualidade...um homem maduro que esbanja energia...
Diz-se tímido, mas nos jogos de palavras usa o humor e a perversão em doses perfeitas para mim...

Nunca assumi (só porque não fica bem a uma senhora), mas adoro pornografia. Não, não estou a confundir conceitos. Adoro pornografia de qualidade. Filmes com cenários bonitos, paisagens paradisíacas...Sexo envolvido em charme.
Depois de receber dois filmes produzidos por mim, intercalados por sessões nocturnas em direto, o Francisco perguntou se eu me excitava a ver-me. Não me limitei a confirmar...acrescentei que via as minhas produções (ahahahah) com regularidade e que, a maior parte das vezes, estes momentos inspiravam a realização de novas curtas metragens. Desde esse dia recebo, num e-mail criado para nós, pequenos filmes da colecção que o Francisco foi enriquecendo ao longo de alguns anos. Podemos definir a colecção como uma miscelânia requintada. Ele percebeu que eu sou adepta da pornografia e eu percebi que temos os mesmos gostos no sexo...até porque não há nada que não gostemos! Ahahahahah!

Foi uma semana intensa: de conversa boa, de risadas sentidas, de excitação on-line, de confissão de desejos... O reconhecimento da empatia no sexo... Tudo isso faz com que a vontade de senti-lo cresça a cada dia...Penso em sexo imensas vezes...Quero o Francisco a toda a hora. O meu corpo sofre, e a patologia induzida, como tem a cura a muitos quilómetros de distância, tem de se resignar aos cuidados paliativos. Chego a ver os filmes no intervalo do trabalho. A bateria do meu vibrador nunca descarregou tantas vezes como nos últimos dias... Nunca molhei o fio dental e as coxas com tanta facilidade (sim, as coxas!)
Pressinto que o nosso encontro vai ser explosivo, especialmente depois do que vi ontem!

Ontem, começámos a conversar assim que saí do treino, ainda no balneário. Não sei se é hormonal, mas as minhas ídas ao ginásio culminam num desejo sexual ainda mais intenso...Pois era a altura ideal para ler as mensagens loucas do Francisco... No meio do fogo instalado decidimos que eu tomaria um banho assistido em casa.
Nunca cheguei a casa tão rápido! Montei uma espécie de tripé na banheira, onde coloquei o computador. Em poucos minutos estavamos ligados no Skype. Viamo-nos perfeitamente...
Despi-me na banheira, para ele. Molhei o corpo e o cabelo com o chuveiro. Ensaboei-me lentamente: braços, barriga, coxas, bunda, peitos, peitos, peitos, peitos...Com a bundinha voltada para a câmara, com o tronco levemente inclinado para baixo, esfreguei-me toda...E aqui começou a festa! Ele não aguentou: tirou-o para fora...já enorme...Fiquei doida! Comprimento bom...mas o diâmetro, Meu Deus! Detive-me no diâmetro...a grandeza que me transporta para longe! Esfreguei-me mais! Introduzi os dedos em todo o lado... Quando deslizei pela parede para me vir, olhei para o Francisco, ou melhor, para a parte dele que enchia o ecrã, e ali estava o néctar dos deuses a brotar daquele órgão esculpido para mim. Como eu desejei prová-lo!
Estou a contar os dias, as horas, os minutos...


Samantha, the Fox




segunda-feira, 4 de Junho de 2012

Show diário!

Tudo indica que me estou a apaixonar de novo. Não estava nos meus planos...mas não vou desperdiçar os bons momentos da vida, nem as sensações maravilhosas que ela me está a proporcionar.

Com o Francisco sinto-me serena, feliz. E já sinto a falta dele... sempre que tarda a falar comigo no chat, ou se os nossos horários se incompatibilizam. Acordo a pensar nele. Leio as nossas conversas vezes sem conta. Excito-me com as insinuações mais ousadas. Rio das piadas com a mesma satisfação da primeira vez. Gosto dele como pessoa, adoro-o como homem...Deito-me com ele...no pensamento, na pele, no olfacto, na boca...E o meu corpo, quase nu, na minha cama vazia, procura satisfazer-se com a alternativa mais acessível: as mãos! E sonho que as mãos lhe pertencem...

De todos os homens que conheci, é, sem dúvida, o mais charmoso, o melhor corpo, o melhor beijo e o mais criativo. Durante a última semana pude perceber até onde ía essa criatividade...
Sinto que as nossas mentes, quando fundirem as ideias e os desejos...os nossos corpos vão explodir!
Só me apetece ouvir a "Canção do Engate" ... estou certa que vai retratar a nossa primeira noite, ou dia, ou tarde juntos. (Sim, porque sexo bom pode ser feito a qualquer hora do dia...)



Todos os dias falamos. Conversas doces, divertidas e apimentadas (às vezes equilibradamente doseadas de pimenta, outras vezes tão picantes que temos de continuar o assunto no Skype)

Este fim de semana comprei peças novas de lingerie, apostando nas transparências, e um fio dental de apertar lateralmente com lacinhos de seda (ideais para desapertar com os dentinhos...ui!)... Este já deu origem a um strip tease integral... Bem, confesso: e outros dois também...

Exímio na arte da conquista. Envolvente. Fogoso. Apreciador do erotismo e da pornografia confesso. (Talvez daí as ideias fantásticas que me tem revelado e que me deixa com uma vontade incontrolável de concretizar!)
Diz-se tímido e talvez acredite. (Foram várias as investidas para o ver despido no Skype...resistiu!) Porém, a minha desinibição agrada-o (já percebi...ahahahahah!)

A palavra certa no momento exacto. Só o sinal sonoro a alertar a chegada de nova mensagem, dependendo do conteúdo da conversa, deixa-me louca... Sempre que leio as frases que me envia fico molhada ("ensaboada", segundo o Francisco). A frequência diária é tanta que estou com medo de desidratar ou pior, de me tornar uma tarada sexual! (Será? Não tenho o capital do Michael Douglas...)


Samantha, the Fox